Parte do Teatro Brasileiro

O Prêmio Shell de Teatro se tornou uma das grandes referências do teatro brasileiro nas últimas três décadas. É possível contar a história da cena teatral do Rio de Janeiro e de São Paulo ao longo das suas 32 premiações, com seus artistas indicados, os espetáculos consagrados e os homenageados de cada ano.

No passar do tempo, o Prêmio Shell de Teatro acompanhou as mudanças do fazer teatral e testemunhou a chegada de novos grupos e talentos aos palcos brasileiros. Nomes das mais variadas vertentes e linguagens figuraram as listas de indicados e premiados como prova do olhar atento dos jurados que passaram pela premiação desde 1988.

Em sua primeira versão, o Prêmio Shell de Teatro premiava autor, diretor, ator, atriz, cenografia e categoria Especial. Em constante atualização, a lista de indicados incorporou novas funções, como figurinista (1989), iluminação (1992) e música (1996).

Para a 26ª edição (2014), os organizadores do Prêmio renomearam a categoria Especial, que passou a ser chamada de Inovação. Nela, concorreram todos os espetáculos, textos, grupos ou profissionais de teatro que apresentaram trabalhos ousados quanto à forma ou conteúdo.

Em 2022, a categoria Inovação passa a se chamar “Energia que vem da gente” e premiará iniciativas com impacto social positivo.

A nova categoria visa reconhecer a criatividade dos artistas e seu impacto positivo na sociedade brasileira.

A atual composição dos jurados do Rio de Janeiro e São Paulo é composta por:

Rio de Janeiro

Leandro Santana (produtor cultural, gestor público e ator).

Ana Luisa Lima (professora, produtora e gestora cultural)

Biza Vianna (diretora de arte e produtora cultural)

Patrick Pessoa (dramaturgo e crítico teatral)

Paulo Mattos (curador e produtor cultural)

São Paulo

Evaristo Martins de Azevedo (crítico de arte)

Ferdinando Martins (professor e crítico de arte)

Luiz Amorim (ator, diretor e gestor em produção cultural)

Maria Luisa Barsanelli (jornalista)

Luh Maza (dramaturga, diretora, roteirista e atriz)

Contato com o júri:

Rio de Janeiro: PSTjuriRio@hastroagency.com
São Paulo: PSTjuriSP@hastroagency.com

Contatos da Assessoria de Imprensa:

Alan Diniz – alan@xavantecomunicacao.com.br
Pedro Neves – pedrohneves@gmail.com

Assuntos gerais:

vera@hastroagency.com

Memória e Legado

O Prêmio Shell de Teatro tem um compromisso com a memória e a recuperação do legado do teatro brasileiro. Desde 2001, a premiação homenageia uma personalidade marcante por sua contribuição às artes cênicas do país. Entre os nomes que já receberam a honraria, estão Cleyde Yáconis, Bibi Ferreira, Sérgio Britto, Gianfrancesco Guarnieri, Eva Todor, Fernanda Montenegro, Grupo Galpão, Jô Soares, Aderbal Freire-Filho, Tônia Carrero, entre muitos outros.

A desafiadora tarefa de selecionar os indicados e os homenageados, e definir os vencedores de cada temporada cabe a um júri de cinco pessoas (por cidade), formado por profissionais das artes cênicas, especialistas, críticos ou acadêmicos.

Troféu e Reconhecimento

Outra marca registrada do Prêmio Shell de Teatro é o troféu. Criada pelo artista plástico Domenico Calabroni, a concha dourada em metal foi inspirada na tradicional logomarca da Shell.

Além do troféu, cada uma das nove categorias do prêmio - dramaturgia, direção, ator, atriz, cenografia, iluminação, música, figurino e Energia que vem da gente - recebe uma premiação individual.

Grandes homenageados

Ano Rio de Janeiro São Paulo
2001 Jorge Dória  Movimento "Arte contra a Barbárie"
2002 Bibi Ferreira Gianni Ratto
2003 Sérgio Britto Lélia Abramo
2004 João Bethencourt José Renato
2005 Família Goulart Gianfrancesco Guarnieri
2006 Kalma Murtinho Cleide Yáconis
2007 Tonia Carrero Ilo Krugli
2008 Ida Gomes Jacó Guinsburg
2009 Eva Todor Fernando Peixoto
2010 Nathalia Timberg Maria Alice Vergueiro
2011 Bárbara Heliodora Mariângela Alves de Lima
2012 Walmor Chagas Ieda Ferreira
2013 Marie Louise Nery Eva Wilma
2014 Jorginho de Carvalho César Vieira
2015 Fernanda Montenegro Antunes Filho
2016 Grupo Galpão Antônio Fagundes
2017 Hélio Eichbauer Ney Latorraca
2018 Aderbal Freire Filho Jô Soares
2019 Pedro Paulo Rangel Maria Adelaide Amaral

Mais sobre o prêmio shell de teatro

Regulamento

Veja o regulamento completo do Prêmio Shell de Teatro, a mais tradicional premiação do teatro brasileiro.

Histórico de Ganhadores

Conheça a relação dos vencedores das edições passadas do Prêmio Shell de Teatro.

32ª edição do Prêmio Shell de Teatro

Conheça os vencedores do 32º Prêmio Shell de Teatro do Rio e de São Paulo

Mais sobre Sustentabilidade

Nossa abordagem

Contribuir com o desenvolvimento sustentável significa ajudar a atender à crescente demanda global de energia de maneira econômica, social e ambientalmente responsável.

Desenvolvimento Sustentável

É importante ganhar e manter a confiança das comunidades onde operamos. Investir em projetos ambientais e sociais é fundamental para tornar nossas operações sustentáveis.