Gabriela – Raiz e Orgulho

SHELL GABRIELA COMPLETO

Duração: 02:40”

Descrição:

[Texto]

Cais do Valongo, Rio de Janeiro.
Único vestígio material da chegada dos africanos escravizados nas Américas.

[Gabriela]

Quando eu me entendi sendo uma mulher preta, aos 30 anos de idade, eu queria que outras pessoas também se entendessem pretas, não importa em que idade.

[Texto]

Shell Apresenta.

[Vídeo]

É dia, numa rua em frente a um muro grafitado, há uma mulher negra de cabelos cacheados. Ela usa vestes coloridas e colares de contas. Os lábios dela são vistos de perto.

[Texto]

Energia que vem da gente. Raiz e orgulho. Gabriela Palma, Empreendedora apoiada pelo Shell Iniciativa Jovem.

[Gabriela]

Sou guia de turismo, sou empresária, mulher, negra, periférica. Tudo que eu faço é sempre compartilhar conhecimento, então tudo converge para isso mesmo que eu seja várias mulheres em uma única mulher.

[Vídeo]

Gabriela Palma, empreendedora apoiada pelo Shell Iniciativa Jovem, é a mulher negra de cabelos cacheados. É ela quem canta.

[Gabriela]

Sou eu, sou eu, quem pisa nesse chão, é raiz, é valor, história.

[Vídeo]

Os olhos dela são vistos de perto, são castanhos.

[Gabriela]

Aos trinta anos, eu saí da área da Administração e fui para a área do Turismo. Comecei a fazer o curso de guia, e tudo mais, e dentro desse curso de guia surge a “Sou + Carioca”.

[Texto]

Sou + Carioca, agência de turismo focada no turismo afro e local.

[Gabriela]

E, ali, a gente entendeu que não existia, até então, roteiros turísticos voltados para o próprio carioca.

[Texto]

Pequena África, lar histórico da comunidade afro-brasileira na Região Portuária do Rio de Janeiro.

[Gabriela]

A Pequena África para mim é importante porque faz com que eu me reconecte com histórias que não contaram para mim.

[Vídeo]

Gabriela caminha por uma rua, usa máscara.

[Gabriela]

Então quando você se dá conta que “caramba, estou pisando no mesmo chão que Tia Ciata pisou”.

[Texto]

Tia Ciata, mulher, negra e pioneira do samba carioca.

[Gabriela]

Isso é muito forte, isso é muito impactante, muito potente, faz você seguir um pouquinho mais a frente sabe? “Pô, continua, não para não, vamos aqui porque outras pessoas também passaram por aqui e deixaram sua marca, então deixe sua marca também”.

[Vídeo]

Pequena África, Lar histórico da comunidade afro-brasileira na região portuária do Rio de Janeiro. Tia Ciata, mulher negra e pioneira do samba carioca.

[Gabriela]

Gira, avisa ao mundo, que eu vou cantar.

A imagem que eu tenho da Shell, hoje, é uma empresa que dá energia para outras pessoas continuarem seus projetos.

[Vídeo]

Um colar de contas é visto de perto.

[Texto]

Shell Iniciativa Jovem, programa de empreendedorismo jovem da Shell.

[Gabriela]

O Shell Iniciativa Jovem me proporcionou um lugar de motivação. A Sou + Carioca se transformou totalmente depois do Shell Iniciativa Jovem porque a gente conseguiu, de fato, concretizá-la.

[Texto]

A energia da Gabriela vem do compartilhar. Quanto mais ela compartilha essas histórias, mais energia ela tem.

[Vídeo]

Vista de costas Gabriela caminha.

[Gabriela]

Quando a gente é uma mulher periférica, a gente cresce achando que não pode chegar lá, e pode.

[Texto]

A Shell acredita na energia que vem da Gabriela. A Shell acredita na energia que vem da gente.

[Vídeo]

Gabriela Sorri.

Logo da Shell, que é uma concha amarela e vermelha.

Reconexão e descobertas

Nascida em Foz do Iguaçu, Gabriela Palma se mudou para o Rio de Janeiro ainda criança. Quando tinha 30 anos, o que seria só mais um tour do curso de Guia de Turismo foi o início de uma transformação em sua vida. Naquele passeio, ela se reconectou com suas raízes e se descobriu uma mulher preta, após conhecer a região da Pequena África, lar histórico da comunidade afro-brasileira. Depois dali, Gabriela mergulhou em pesquisas sobre sua ancestralidade e buscou lugares e pessoas que fizeram parte daquele contexto.

E foi a participação no Shell Iniciativa Jovem que transformou Gabriela de guia de turismo em empresária, responsável pela agência Sou + Carioca. A empreendedora acredita que só se valoriza aquilo que se conhece, e por isso sua empresa tem a missão de resgatar a história da cidade para que os próprios moradores se reconectem com suas origens e conheçam as narrativas dos lugares por onde passam.

Apesar de sempre ter sido estimulada pela família, foi o programa Shell Iniciativa Jovem que deu à Gabriela a chancela e a confiança para acreditar em seu potencial e ter a certeza de que uma mulher periférica pode sim chegar aonde quiser, basta apenas uma oportunidade. A energia da Gabriela para gerenciar sua empresa e criar novos projetos vem da certeza de que foi através do Turismo que ela entendeu seu lugar no mundo. A partir daí, ela sente a responsabilidade de impactar positivamente a vida de outras pessoas.

Na imagem, a Gabi durante seu depoimento para a campanha
Gabriela Palma é a empreendedora responsável pela agência Sou + Carioca, negócio impulsionado pela participação no Programa Shell Iniciativa Jovem.

Para você, o que significa ser protagonista de uma campanha de marca da Shell?

Significa reconhecimento de que estamos fazendo um trabalho bem feito, que impacta a vida das pessoas. Minha expectativa é que esta campanha motive as pessoas a quererem saber mais sobre a história da Pequena África e conhecer presencialmente o lugar. No vídeo passo também uma mensagem de que as pessoas pretas periféricas sempre são colocadas em uma posição inferior, como se não pudessem chegar lá. Mas no fundo, todos podem. Só precisam de uma oportunidade. E minha participação no Shell Iniciativa Jovem foi uma grande oportunidade, e espero que isso se transforme em motivação para outras pessoas.

De onde vem e para onde vai a sua energia?

A minha energia vem da minha mãe, uma pessoa que sempre me estimulou a acreditar que eu posso ser quem eu quiser. A ancestralidade é importante. Analisando minha família, vejo que meus antepassados foram muito resilientes ao longo do tempo. Sem essa característica, eu não teria chegado até aqui. É uma energia quem vem sendo colocada e construída ao longo do tempo. E hoje ela vai para inspirar outras pessoas a trilharem seu próprio caminho.

Como a sua energia se conecta com o negócio para o qual você trabalha na Shell?

A conexão surge a partir do momento que a gente começa a entender a relevância que temos para a sociedade. Quando o Shell Iniciativa Jovem junta em uma mesma sala de aula pessoas responsáveis por negócios de beleza, turismo, robótica, artesanato, gastronomia, o programa cria uma diversidade de pontos de vista. A Sou + Carioca também se preocupa com isso – na nossa equipe são 24 pessoas dos mais diferentes perfis, idades, ascendências e raças. E toda essa diversidade é refletida nos roteiros, que são criados pelos próprios guias.

Representatividade deste vídeo para o negócio da Shell Brasil

A missão do Shell Iniciativa Jovem é incentivar a cultura empreendedora no Brasil, acelerar a criação de negócios sustentáveis e contribuir para a geração de emprego e renda no país, reforçando o compromisso da Shell com o desenvolvimento socioeconômico. Empoderar os jovens para que entendam sua individualidade e, a partir daí, reconheçam suas competências tem efeitos transformadores na sociedade, mudando a vida de pessoas como a Gabriela.

Desde 2000, mais de 18 mil jovens já se inscreveram no programa, que oferece capacitação gratuita para empreendedores entre 20 e 34 anos no Rio de Janeiro e no Espírito Santo. Ao longo dessas duas décadas, o Shell Iniciativa Jovem contribuiu para a criação de mais de 1300 empregos diretos e indiretos no país.

Assim como Gabriela, milhares de jovens conseguiram tirar sua ideia do papel e abrir sua própria empresa, fomentando a economia local e contribuindo para a geração de emprego e renda.

Para a Shell, a trajetória de Gabriela à frente da Sou + Carioca tem um sentido ainda mais especial. Isso porque a missão da empreendedora está alinhada com princípios de Diversidade & Inclusão, valores fundamentais para todos os negócios da companhia. Inclusive, a Shell conta com quatro redes de afinidade que têm o intuito de ajudar na construção de um ambiente de trabalho verdadeiramente acolhedor e inclusivo, dentro e fora da companhia, para que funcionários, parceiros e clientes possam ser quem realmente são.

Fundada em 2019, a rede B Power vem ganhando cada vez mais relevância na Shell Brasil. Com foco na educação e conscientização, o grupo realiza debates regulares em torno da temática da equidade racial no meio empresarial e na sociedade como um todo.

Rogé – Protagonista

Especialista de Marketing para Lubrificantes da Shell Brasil, Luiz Rogé descobriu no teatro uma forma de desenvolver sua criatividade e se tornou protagonista de sua própria história.

Conheça sua história