APLICAÇÕES

  • Aplicações

    • Motores diesel modernos e de alto desempenho de fabricantes europeus, como Mercedes-Benz e MAN, que requeiram ACEA E9.
    • Motores de baixa emissão de fabricantes europeus e norte-americanos.
  • Tipo de motor

    Caminhões e ônibus com motores a diesel.

BENEFÍCIOS

Baixa manutenção

Economia de combustível

O uso de componentes sintéticos no óleo básico proporciona ao Shell Rimula R5 LE 10W-40 a capacidade de melhorar a partida a frio e reduzir o consumo de combustível, gerando economia e mantendo a proteção e durabilidade do motor.

Limpeza Ativa

Pistões sempre limpos

Sua avançada formulação proporcionar excelente limpeza do motor e proteção contra formação de depósitos nos pistões, assegurando a confiabilidade do motor e componentes mesmo em intervalos de troca estendidos.

Temperatura sob controle

Tecnologia Low-Saps

Os aditivos Low-saps são formulados com baixos teores de enxofre, cinzas e fósforo, de acordo com as exigências para motores com tecnologia Euro V. Shell Rimula R5 LE é formulado com a mais recente tecnologia de aditivos Low-Saps promovendo uma redução na emissão de gases, que são nocivos ao meio ambiente, e aumentando a eficiência do motor.

Aprovações e recomendações

  • API CK-4, CJ-4, CI-4 Plus, CI-4, CH4, SN
  • ACEA E9, E7
  • JASO DH-2
  • Caterpillar ECF-3, ECF-2
  • Cummins CES 20086, CES 20081
  • Deutz DQC III-10 LA
  • Detroit Fluids Specification 93K222, 93K218
  • MAN M3775
  • MB 228.31
  • MTU Categoria 2.1
  • Mack EO-S 4.5, EO-O Premium Plus
  • Renault VI RLD-3
  • Volvo VDS-4.5, VDS-4
  • IVECO TLS E9 (Atende aos requerimentos)
  • Ford WSS-M2C171-F1
  • CNH MAT 3521

OUTROS ÓLEOS SINTÉTICOS PARA CAMINHÕES

  • Shell Rimula R6 MS 10W-40

    Shell Rimula R6 MS 10W-40

    Motores diesel com baixas emissões e que operem sob condições severas precisam estar com o máximo nível de limpeza possível.

    Conheça o produto

NOSSAS LINHAS DE ÓLEOS PARA CAMINHÕES E VEÍCULOS PESADOS

  • Preserve o meio ambiente, recicle

    O descarte inadequado de óleo lubrificante usado ou contaminado, bem como de suas embalagens, polui nossas águas e o solo, provocando danos à população e ao meio ambiente. O óleo usado e as embalagens são recicláveis. Entregue-os em um posto de serviço ou de coleta autorizado, conforme resolução Conama no 362/2005 e suas alterações vigentes.