Rio de Janeiro – A Shell Brasil Petróleo Ltda. (Shell Brasil), subsidiária da Shell plc, anunciou hoje (31/12) o início da produção do FPSO Sepetiba, no Campo de Mero, na Bacia de Santos. O FPSO Sepetiba, também conhecido como Mero 2, tem uma capacidade operacional de 12 milhões de metros cúbicos de gás natural e de 180 mil barris de óleo por dia. Inicialmente, a unidade está conectada a seis poços produtores e seis poços injetores. A tecnologia aplicada na construção e operação do FPSO tem como objetivo aumentar a eficiência operacional e contribuir para redução de emissões de gases de efeito estufa.

“O desenvolvimento do FPSO Sepetiba potencializa nossa parceria de classe mundial com a Petrobras e reforça nossa presença em um dos mais produtivos campos do Brasil”, afirmou a diretora de Upstream da Shell, Zoe Yujnovich. “Esse projeto está alinhado com a nossa estratégia ‘Impulsionando o Progresso’ e com o nosso compromisso de alavancar projetos cada vez mais eficientes e competitivos, para fornecer recursos energéticos com segurança hoje e nas próximas décadas.”

A unidade está localizada a cerca de 180 quilômetros da costa do Rio de Janeiro, numa profundidade que atinge 2.050 metros. Seu antecessor, o FPSO Guanabara, também conhecido como Mero 1, iniciou a produção em abril de 2022. O consórcio planeja receber mais dois FPSOs, no campo de Mero, até 2025. A atuação global da Shell em Águas Profundas compreende duas bacias petrolíferas, nos Estados Unidos e no Brasil, e um portfólio com forte geração de caixa e desempenho operacional.

Notas:

  • A Shell Brasil Petróleo é subsidiária da Shell plc.
  • A Decisão Final de Investimento (FID, em inglês) de Mero 2 foi anunciada em 2019.
  • O campo de Mero é parte do Contrato de Partilha de Produção de Libra, assinado em dezembro de 2013. Libra está localizado na Bacia de Santos, a 150-180 quilômetros ao sul do Rio de Janeiro e a uma profundidade de 1.900-2.100 metros.
  • A SBM Offshore é responsável pela engenharia, aquisição, construção, mobilização, instalação e operação do FPSO Sepetiba, incluindo equipamentos de processamento de topsides, bem como sistemas de casco e marítimos.
  • A Shell Brasil tem participação de 19,3%, no campo unitizado de Mero, junto com Petrobras, que é operadora com 38,6% de participação, TotalEnergies (19,3%), CNPC (9,65%), CNOOC (9,65%), e PPSA (3,5%), representante da União na área não contratada.


Para mais informações:
Assessoria de Imprensa Shell Brasil
imprensa@shell.com
Edelman
assessoria-shell@edelman.com

OUTROS PRESS RELEASES

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Imprensa

Veja nossas últimas notícias e press releases e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.