Rio de Janeiro - A estratégia global de negócios da Shell leva em consideração a diversidade e a inclusão. Neste sentido, entre as frentes de atuação da companhia no Brasil, está a Rede pela Equidade de Gênero, que coordenou a recente adesão da empresa aos Princípios de Empoderamento das Mulheres (WEPs, da sigla em inglês), plataforma da ONU Mulheres e do Pacto Global em prol da equidade de gênero.

Para André Araujo, presidente da Shell Brasil, a cultura inclusiva é um aprendizado. “A gente tem que estar nessa agenda não só porque impacta a performance da empresa, mas porque é o certo. A equidade tem um apelo econômico, mas também é um caminho sem volta. É um caminho que faz parte da nossa forma de fazer negócio”, afirma.

Os Princípios de Empoderamento das Mulheres são um resultado do trabalho conjunto entre a ONU Mulheres e o Pacto Global das Nações Unidas. Ao aderir à plataforma, a Shell passa a fazer parte de uma rede local e global da ONU, que conta com mais de 3 mil companhias no mundo e cerca de 400 no Brasil. A agenda tem o objetivo de auxiliar as empresas a adaptarem suas políticas e práticas e, assim, criarem as estruturas institucionais e culturais na organização para que a equidade de gênero se torne um valor compartilhado por todos.

“Times diversos inovam mais e fazem melhor gestão de risco. Nunca o mundo precisou tanto desses olhares diferenciados. Empresas que têm mais mulheres no conselho de administração, têm uma lucratividade melhor”, comenta Adriana Carvalho, gerente da ONU Mulheres no Brasil. Ela explica que o papel da organização é premiar, reconhecer e apoiar a jornada em direção à igualdade.

De acordo com Priscila Tapajós, presidente da Rede pela Equidade de Gênero, a iniciativa é mais um passo na busca para posicionar a Shell Brasil como a melhor empresa da indústria também sob a ótica da diversidade e inclusão. A companhia conta ainda com outras três redes de afinidade: TRUEColors, B Power e enABLE. Os grupos são responsáveis por discutir e atuar interna e externamente em temas relacionados, respectivamente, aos interesses da comunidade LGBTQIA+, inclusão racial e acessibilidade para pessoas com deficiência.

A campanha publicitária para promover a adesão da Shell Brasil à ONU Mulheres foi desenvolvida e implementada pela Wunderman Thompson, que escalou uma equipe totalmente feminina para criar as peças de uso interno e externo. A agência também tem a diversidade e inclusão como parte de seus valores.

Para mais informações:

Assessoria de Imprensa Shell Brasil
imprensa@shell.com

Edelman
assessoria-shell@edelman.com

OUTROS PRESS RELEASES

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.