Map

Rio de Janeiro – No 2º Ciclo da Oferta Permanente organizado hoje pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) no Rio de Janeiro, a Shell Brasil Petróleo Ltda (Shell), subsidiária da Royal Dutch Shell plc, arrematou o bloco exploratório C-M-757, localizado na Bacia de Campos. A Shell será a operadora do bloco, e pagará R$ 12,055 milhões em bônus de assinatura.

“O leilão de hoje demonstra mais uma vez a continuidade de nossos investimentos no Brasil, país que já responde por cerca de 13% da produção total de óleo e gás da companhia mundialmente. Este novo bloco vem se somar ao nosso extenso portfólio no Brasil, onde atuamos como operadores desde o início da década de 2000,” afirmou o presidente da Shell Brasil, André Araujo.

Com a aquisição deste novo bloco, a área total do portfólio da Shell no Brasil chega a 20 mil quilômetros quadrados, com 23 blocos exploratórios, 1 campo em desenvolvimento e 14 campos em produção no Brasil.

Com 107 anos de presença no Brasil, a Shell foi a primeira empresa internacional de energia a produzir petróleo em escala comercial após o fim do monopólio no país, no fim da década de 1990.

INFORMAÇÕES SOBRE O BLOCO:

C-M-757

Distância para a costa: ~300km

Área do novo bloco: 708 quilômetros quadrados

 

Shell expands Brazil portfolio in ANP’s permanent offer round

Rio de Janeiro – In today’s permanent offer bid round hosted by the Brazilian National Petroleum Agency (ANP) in Rio de Janeiro, Shell Brasil Petróleo Ltda (Shell), a subsidiary of Royal Dutch Shell plc, won the C-M-757 exploration block in the Campos basin. Shell will be the operator for this block and will pay its share of the total signing bonus, equating to approximately R$ 12.055 million.

“Today´s bid round further demonstrates our continued investment in Brazil, which is home to approximately 13% of Shell’s global oil & gas production. The newly acquired acreage adds to our robust portfolio in Brazil, where we have been working as a leading operator since the early 2000s,” said André Araujo, Shell Brasil Country Chair.

With the addition of this/these new blocks, Shell has increased its net acreage to 20 thousand square kilometres with 23 exploration blocks, 1 development field and 14 production fields in Brazil.

With a 107-year history in Brazil, Shell was the first IOC to produce oil in a commercial scale after the state monopoly eased in the late 1990s.

EDITOR’S NOTES

C-M-757

Distances to the coast: ~300km

Acreage of the new block: 708 square kilometers

Para mais informações:

Assessoria de Imprensa Shell Brasil
imprensa@shell.com

Edelman
assessoria-shell@edelman.com

OUTROS PRESS RELEASES

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.