Rio de Janeiro - A Shell Brasil, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade de São Paulo (USP), vai iniciar em 2019 um projeto para estudar e entender melhor a vida e o ecossistema em águas profundas, distantes mais de 200 metros da superfície. As instituições de ensino se dividirão em duas equipes e realizarão duas expedições, em conjunto, pela costa sudeste do Brasil. Os pesquisadores contarão com uma embarcação dotada de equipamentos de alta tecnologia, entre eles um veículo de operação remota (ROV, na sigla em inglês).

“Tornar nossas operações mais seguras e garantir a preservação da vida marinha sempre foram questões fundamentais para a Shell Brasil. Agora, com esse projeto, poderemos ir além, ajudando toda a indústria na compreensão desse ecossistema tão específico e pouco acessível, garantindo que ele seja conservado”, destaca Aly Brandenburg, gerente geral de Tecnologias de Subsuperfície da Shell Brasil.

A equipe da UFRJ, com apoio também da Universidade de New South Wales, de Sydney, na Austrália, mapeará a diversidade de corais e esponjas, estudando como eles se adaptaram ao ambiente de mar profundo e como podem responder às mudanças e perturbações ambientais. Será construído um sistema avançado de aquário, “Deep Sea Simulator”, para reproduzir e manipular as condições encontradas no fundo do mar e, em um segundo momento, os pesquisadores desenvolverão probióticos com consórcios microbianos benéficos (BMC, na sigla em inglês), que permitirão que corais lidem melhor com estressores ambientais, incluindo alterações climáticas.

Já os pesquisadores do Instituto Oceanográfico da USP irão procurar e monitorar sistematicamente as exsudações de petróleo e gás natural e as suas consequências para o ecossistema. O estudo permitirá, por exemplo, entender os microrganismos capazes de dispersar hidrocarbonetos, criando soluções para biorremediações.

As novas informações reunidas no projeto e as inovações decorrentes dele contribuirão para melhorar a compreensão das fronteiras biológicas da vida no fundo do mar e assegurar que um dos últimos ambientes imaculados e frágeis do planeta seja protegido para gerações futuras.

Para mais informações:

Assessoria de Imprensa Shell Brasil
Guilherme Sá
(21) 3984-8239
guilherme.sa@shell.com

Edelman
Bruna Carvalho
(21) 3590-8409
bruna.carvalho@edelman.com

Outros press releases

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.