Rio de Janeiro – Entre os dias 18 e 19 de agosto, a Associação Quilombola de Aleluia, Batatal e Cambucá e a Associação Quilombola de Conceição do Imbé, de Campos dos Goytacazes, no Rio de Janeiro, serão anfitriãs o 5º Evento Cultural Quilombola, promovido pela Shell, na Comunidade Quilombola de Aleluia. Com o tema “Quilombolas, liberdade a conquistar: direitos na saúde e educação pela agricultura familiar”, o objetivo maior do encontro é fortalecer a cultura e ancestralidade de 21 comunidades quilombolas da região petrolífera da Bacia de Campos.

O evento faz parte do QUIPEA (Quilombos no Projeto de Educação Ambiental), condicionante exigida pelo Ibama no licenciamento ambiental federal das atividades de exploração e produção de petróleo e gás natural da empresa. Nesta edição, são esperados cerca de 1,5 mil convidados, entre representantes quilombolas de 21 comunidades do Rio de Janeiro e do Espírito Santo que participam do projeto. Também estarão presentes instituições e órgãos do governo que atuam com questões de licenciamento, quilombolas ou relacionadas ao tema do evento.

Cultura e resistência quilombola  

No sábado (18), entre 17h45 e 22h, integrantes das comunidades do projeto e de instituições como o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) participarão de uma mesa-redonda que discutirá temas relacionados à saúde e à educação na agricultura familiar.

Já no domingo (19), das 8h às 17h, serão realizadas diversas oficinas e apresentações, em que cada quilombo poderá mostrar um pouco de sua cultura, com dança, capoeira, música, mostra de artesanato e culinária típica.

Sobre o QUIPEA

Como parte da condicionante do licenciamento ambiental para as atividades da Shell na região da Bacia de Campos, a companhia escolheu trabalhar com as comunidades quilombolas presentes na área de influência de suas operações. A empresa identificou que essas comunidades tradicionais são vulneráveis aos impactos da indústria do petróleo instalada na região, como: migração interna, ocupação desordenada do solo urbano e grande fluxo de pessoas em busca de empregos e renda.

As comunidades que fazem parte do QUIPEA são: Baía Formosa e Rasa (Armação dos Búzios - RJ); Maria Joaquina, Botafogo, Preto Forro e Maria Romana (Cabo Frio - RJ); Sobara (Araruama - RJ); Boa Vista, Bacurau, Machadinha, Santa Luzia e Mutum (Quissamã - RJ); Aleluia, Batatal, Cambucá e Conceição do Imbé (Campos dos Goytacazes - RJ); Deserto Feliz e Barrinha (São Francisco de Itabapoana - RJ) ; Graúna (Itapemirim - ES); Boa Esperança e Cacimbinha (Presidente Kennedy - ES); todas certificadas pela Fundação Cultural Palmares.  

Para mais informações:

Assessoria de Imprensa Shell Brasil

Guilherme Sá
(21) 3984-8239
guilherme.sa@shell.com

Edelman

Bruna Carvalho
(21) 3590-8409
bruna.carvalho@edelman.com

Outros press releases

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.