Rio de Janeiro A Shell Lubrificantes acaba de lançar o filme “Carro vs. Sol”, que traz um carro de gelo, que foi posicionado na orla da praia de Santos (SP), chamando a atenção dos transeuntes. Criada pela agência Wunderman, a ideia da iniciativa foi mostrar que os automóveis aguentam o calor do sol no dia a dia, mas isso passa despercebido pelos seus donos. A ativação, que mostrava o derretimento do veículo, teve o objetivo de passar o conceito mãe que a agência desenvolveu para a marca e que fala de retribuição - “Seu carro já fez muito por você. Retribua com Shell Helix” – chamando a atenção do motorista para o cuidado que deve ter e dedicar a seu carro, que está com ele em todos os momentos – na chuva, no calor, no sobe e desce de ladeiras etc.

Essa é a primeira vez que uma campanha publicitária faz um veículo esculpido em gelo no Brasil, um país tipicamente tropical. O projeto nasceu três meses antes da montagem, realizada diretamente na orla. Uma equipe de dez pessoas foi mobilizada, coordenadas pelo escultor Adriano Elias. Entre a chegada dos blocos de gelo, que juntos somaram cerca de doze toneladas, e a finalização do carro, passaram pelo menos quinze horas. Algumas peças no entanto, já chegaram prontas na orla, dada a complexidade da obra. “O gelo utilizado é próprio para a escultura. No Brasil, essas exposições costumam ser feitas em câmaras frias”, detalha o artista Elias.

As peças foram empilhadas durante a madrugada e os acabamentos foram dados com uma serra elétrica - todos os profissionais envolvidos utilizaram uniformes equipamentos de proteção. A ideia era que a escultura aguentasse entre oito e doze horas de exposição. Entretanto, para derreter por completo, o tempo médio é de três dias e não apenas devido ao calor do sol: os ventos podem ser um forte inimigo no derretimento, uma vez que as correntes substituem o ar frio pelo quente. O mesmo acontece com o carro.

Além de ser inovadora no viés publicitário, a ativação também possui um lado sustentável. Todo o gelo derretido foi direcionado para um reservatório de zinco abaixo da escultura. Com isso, a água foi reutilizada para regar parte do jardim da orla de Santos, considerado o maior do mundo pelo Guinness Book, o livro dos recordes.

Histórico da campanha

Ao trazer a mensagem de Retribuição do dono com o carro, a Shell adaptou a campanha para rádio, revista, social, mobiliário urbano, entre outros tipos de mídia, em peças que dialogam com situações específicas do cotidiano, interagindo com o público em tempo real. No horário de pico de trânsito paulistano, foram exibidas mensagens nos relógios de rua, como “Seu carro não reclama do anda e para. Retribua com Shell Helix”. Em plataformas como o aplicativo Waze a interação é também focada para as situações do cotidiano de São Paulo com recados para antes e depois do rodízio.

Já no impresso, foram criados encartes personalizados para alguns bairros de São Paulo, como no sobe e desce das ladeiras de Perdizes com a mensagem “Seu carro não desiste quando vê uma pirambeira. Retribua com Shell Helix”. Ao todo, foram mais de 100 mensagens personalizadas em peças para as diversas mídias on e off e canais mobiliário urbano como relógios, cancelas, carrinhos de aeroportos e supermercados e outros capazes de atingir os donos de veículos em várias ocasiões do dia a dia.

Informações para a Imprensa

EDELMAN
(21) 3590-8401
Priscilla Gonçalves – priscilla.goncalves@edelman.com

Outros press releases

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.