Rio de Janeiro – A Shell Brasil assinou recentemente com a empresa britânica Innospection e o SENAI CIMATEC um contrato de parceria para o desenvolvimento de um robô para a inspeção de tanques de carga em serviço de navios-plataforma (FPSOs).

Este robô chamado MCCR (MEC Combi Crawler Robot) será lançado a partir do convés principal e se moverá na parte externa de cascos de FPSOs operados pela Shell assim como nos demais FPSOs operando no Brasil. O robô será equipado com dispositivos para limpeza das incrustações marinhas e para a detecção de defeitos e anomalias na estrutura do casco. O desenvolvimento desta ferramenta permitirá uma maior eficiência na inspeção de tanques de armazenamento de óleo, melhorando a integridade e a segurança dos navios-plataforma. Estima-se uma redução de custos entre 20% a 30% na inspeção dos tanques, quando o uso do robô é combinado com outras ferramentas robóticas de inspeção, como drones.

“Estamos muito animados com esta promissora parceria, que deverá resultar na otimização do processo de inspeção de cascos de FPSOs, contribuindo também para o aperfeiçoamento da gestão da integridade estrutural deste tipo de ativo. Estamos ainda ansiosos em juntar dois parceiros importantes, como a Innospection e o SENAI CIMATEC, que já trabalharam em projetos relevantes da Shell no Brasil e no exterior”, declarou José Ferrari, Gerente de Tecnologia da Shell Brasil.

O diretor gerente da Innospection, Andreas Boenisch, acrescentou que “de várias maneiras este projeto já iniciou com grandes conquistas, que vão desde a colaboração em P&D entre uma empresa operadora, um instituto e uma empresa comercial de tecnologia, até a integração de diversas tecnologias de inspeção e limpeza de superfície num sistema robótico submarino que é quase autônomo. Estamos animados em trabalhar com uma grande equipe, em um outro continente, numa excelente solução para a indústria”.

Para Daniel Motta, Gerente de Tecnologia e Inovação do SENAI CIMATEC, o projeto tem fundamental importância na consolidação, em âmbito internacional, da competência em Robótica, que vem sendo desenvolvida desde 2013, com os primeiros projetos com a Shell, como o FlatFish. "Estamos desenvolvendo mais um projeto de alta relevância com a Shell para elevar a exploração de petróleo e gás a níveis cada vez mais avançados. É um projeto que fortalece o desenvolvimento tecnológico do Brasil, viabilizado pela combinação de recursos da ANP e da Embrapii, com a Innospection, um parceiro internacional de destaque", afirma.

O custo do projeto é de cerca de US$ 9 milhões, dos quais US$ 4,5 milhões serão aportados pela Shell Brasil através da cláusula de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). 

Para mais informações:

Shell Brasil
Guilherme Torres
guilherme.sa@shell.com
(21) 3984-8239

Edelman Significa
Camila Chaves
camila.chaves@edelmansignifica.com
(21) 3590-8409

Outros press releases

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.