Rio de Janeiro, 16 de julho de 2018

Os indicados do primeiro semestre da próxima edição do Prêmio Shell de Teatro, um dos principais na cena teatral do país, já foram escolhidos pelos jurados. Entre os destaques da lista está o espetáculo “Cérebro Coração”, que concorre em quatro categorias: Autoria, Atriz, Cenário e Iluminação. Nas duas primeiras, a indicada é Mariana Lima, responsável por escrever e protagonizar a peça. 

O curitibano Beto Bruel, um dos mais reconhecidos iluminadores de palco do país, é o outro nome que aparece com mais de uma indicação – além de “Cérebro Coração”, ele concorre por “Nuon”. O espetáculo fala da guerra do Camboja e, a partir disso, discute diversos tipos de conflito.

A lista do júri também reconheceu o trabalho de Gisele Fróes, indicada por “O Imortal”. Em atuação solo, ela protagoniza o primeiro monólogo de sua carreira no espetáculo. Nele, a atriz narra a íntegra do texto original do argentino Jorge Luis Borges.

O júri do Rio de Janeiro é formado por Ana Achcar, Ana Luisa Lima, Bia Junqueira, Patrick Pessoa e Moacir Chaves.

Veja abaixo a lista completa de indicados do primeiro semestre ao 31º Prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro. Em dezembro, serão anunciados os nomes do segundo semestre, que fecham a relação dos melhores de 2018. 

Autoria:

Mariana Lima por “Cérebro Coração”
Cecilia Ripoll por “Rose”

Direção:

Rodrigo Portella por “Insetos”
Cristina Fagundes por “A vida ao lado”

Ator:

Ricardo Blat por “No meio do nada”
Leandro Santanna por “Lima entre nós”

Atriz:

Amanda Acosta por “Bibi - uma vida em musical”
Mariana Lima por “Cérebro Coração”
Gisele Fróes por “O imortal”

Cenário:

Beli Araújo e Cesar Augusto por “Insetos”
Dina Salem Levy por “Cérebro Coração”

Figurino:

Ney Madeira e Dani Vidal por “Bibi - uma vida em musical”
Eduardo Giacomini por “Nuon”

Iluminação:

Beto Bruel e Rodrigo Ziolkowski por “Nuon”
Beto Bruel por “Cérebro Coração”

Música:

Tato Taborda por “Utopia D”
Felipe Storino por “Vim assim que soube”

Inovação:

Espetáculo Sblood pela experiência imersiva e interdisciplinar que através de uma instalação permite que o espectador entre em um jogo dramatúrgico e sensorial.
Coletivo 2ª Black por criar um espaço de encontro, pesquisa, troca de saberes e apresentações de experiências cênicas de artistas negros.

A premiação

O vitorioso de cada categoria receberá uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni com a forma de uma concha dourada, inspirada no logotipo da Shell, e uma premiação individual de R$ 8 mil (oito mil reais).

Criado em 1988, o Prêmio Shell de Teatro é ponto de referência nos palcos brasileiros. É oferecido aos maiores destaques do ano, no Rio de Janeiro e em São Paulo separadamente, em nove categorias — Autoria, Direção, Ator, Atriz, Cenografia, Iluminação, Música, Figurino e Inovação.

Para mais informações:
Assessoria de Imprensa Shell Brasil

Guilherme Sá
(21) 3984-8239
guilherme.sa@shell.com

Edelman

Bruna Carvalho
(21) 3590-8409
bruna.carvalho@edelman.com

Outros press releases

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.