Princípio 10 do Global Compact das Nações Unidas: empresas devem combater a corrupção em todas as suas formas, inclusive extorsão e suborno.

Em conformidade com este princípio, a Shell mantém um programa de anti-corrupção e suborno, que inclui elementos destinados a prevenir ou detectar e corrigir possíveis violações. O programa começa com o compromisso anti-suborno que é parte integrante dos Princípios Empresariais Gerais do Grupo Shell.

Nossa política é clara: nós não toleraramos a oferta, pagamento direto ou indireto, solicitação ou aceitação de suborno de qualquer espécie. Os pagamentos de facilitação também são proibidos. Nosso Código de Conduta inclui instruções específicas para nossos funcionários, tais como requisitos para evitar ou declarar potenciais conflitos de interesse, e outros que dizem respeito à oferta ou aceitação de presentes e hospitalidade.

Comunicações de líderes incluem mensagens sobre estes compromissos e os requisitos associados. Estes são reforçados com as comunicações globais e específicas, para assegurar que os funcionários são frequentemente lembrados das suas obrigações.

Além do Código de Conduta, nós estabelecemos uma rígida política anti-suborno e corrupção aplicável a todos os negócios e funções em suas operações. Os procedimentos e controles são projetados para lidar com uma série de riscos relacionados a corrupção e concentrar recursos e atenção nas áreas de maior risco.

Nós, regularmente, revemos todos os nossos procedimentos, controles e critérios de risco para garantir que permaneçam atualizados com as leis, regulamentos e melhores práticas. A revisão de nossos programas também leva em consideração os resultados de auditorias e investigações.

Como parte de nossa abordagem em relação aos treinamentos de Ética e Compliance, tomamos medidas para garantir que as nossas políticas de anti-corrupção, padrões e procedimentos sejam comunicados a todos os diretores, executivos, funcionários e, sempre que necessário, à agentes e parceiros de negócios. As ações específicas com terceiros incluem o fortalecimento contínuo dos procedimentos de due diligence e oestabelecimento de requisitos contratuais (por exemplo, através da utilização de cláusulas de contrato padrão).

Os pedidos de aconselhamento ou relato de suspeita de violações podem ser transmitidos por intermédio da Ouvidoria da Shell ou através de canais internos, assim como dúvidas e preocupações relacionadas ao Código de Conduta ou Princípios Empresariais Gerais. Todas as alegações relativas a suborno ou corrupção são investigadas.

Veja em Integridade nos Negócios - mais informações sobre denúncia de violações e investigações relacionadas ao Código de Conduta.

Quando descobrimos que alegações de suborno e fraude são impostas contra terceiros trabalhando para a Shell, revemos a nossa parceria com esse fornecedor e tomamos as medidas adequadas.

O escritório de Ética & Compliance, bem como seu Gerente, auxiliado por times operacionais e responsáveis por programas, presta suporte as linhas de negócios e funções na implementação, monitoramento e reporte dos programas anti-suborno e corrupção.

Mais sobre sustentabilidade

QUIPEA

Um projeto para fortalecer os laços, a identidade de resistência e a participação de comunidades quilombolas nas decisões sobre o seu território.