Rio de Janeiro, 26 julho de 2016 – Após anunciar os indicados do 1º semestre ao Prêmio Shell de Teatro de São Paulo na última semana, a Shell divulga nesta terça-feira os primeiros espetáculos indicados da edição carioca da premiação.

O espetáculo “Os sonhadores”, cujo texto é baseado no romance “The dreamers”, do poeta e jornalista escocês Gilbert Adairm, é um dos destaques desta edição e concorre nas categorias Autor, Direção e Cenário. Também com três indicações – Direção, Música e Iluminação – “Auê” combina teatro, música, dança e performance para falar sobre amor, paixões e liberdade. 

O corpo de jurados é formado por Ana Achcar, Ana Luisa Lima, Bia Junqueira, Macksen Luiz e Moacir Chaves. 

Abaixo segue a relação completa dos indicados do primeiro semestre ao 29º Prêmio Shell de Teatro de Rio de Janeiro: 

Autor:

Marcia Zanelatto, Jô Bilac e Pedro Kosovski por "Fatal"

Diogo Liberano por "Os sonhadores"

Direção:

Duda Maia por “Auê”

Vinícius Arneiro por “Os sonhadores”

Ator:

Marcelo Escorel por "Vaidades e tolices"

Matheus Nachtergaele por "Processo de Conscerto do Desejo"

Atriz:

Adassa Martins por "Se eu fosse Iracema"

Debora Bloch por "Os realistas"

Helena Varvaki por "A outra casa"

Cenário:

Adriano Guimarães, Fernando Guimarães e Ismael Monticelli por “Hamlet – processo de revelação”

Aurora dos Campos por “Os sonhadores”

Figurino:

Kika Lopes por “Gota D’Água (a seco)”

Luiza Fradin por “Se eu fosse Iracema” 

Iluminação:

Irmãos Fernanda e Tiago Mantovani por "Missa para Clarice"

Renato Machado por "Auê"

Música:

Alfredo Del-Penho e Beto Lemos por "Auê"

Pedro Luís por "Gota D'Água (a seco)"

Inovação:

Fernando Libonati e Marco Nanini pelo espírito empreendedor de investir no próprio setor teatral através do conjunto de iniciativas “Galpão e Garagem Gamboa, Reduto e Hospedaria”.

A premiação

Os vitoriosos de cada categoria receberão uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni, na forma de uma concha dourada, inspirada no logotipo da Shell, e uma premiação individual de R$ 8 mil (oito mil reais).

Criado em 1989, o Prêmio Shell de Teatro é ponto de referência nos palcos brasileiros. É oferecido aos maiores destaques do ano, no Rio de Janeiro e em São Paulo separadamente, em nove categorias: Autor, Diretor, Ator, Atriz, Cenografia, Iluminação, Música, Figurino e Inovação.

Outros press releases

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Imprensa

Veja nossas últimas notícias e press releases e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Você também pode gostar

Siga-nos

Acompanhe nossos projetos e notícias através de alertas via email, Twitter e aplicativos para investidores e imprensa.