Rio de Janeiro, 13 de julho de 2015 - O Prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro divulgou nesta segunda-feira a lista dos indicados do primeiro semestre para a 28ª edição da premiação. Em dezembro, a relação com os selecionados do segundo semestre será anunciada e os nomes vão completar os indicados a um dos prêmios mais reconhecidos do teatro brasileiro.

O destaque dessa primeira lista é o espetáculo “Salina, a última vértebra”, que concorre em quatro categorias: Direção, Atriz, Figurino e Inovação. A peça “Krum”  aparece em segundo lugar, com três indicações.

Abaixo segue a relação completa dos indicados do primeiro semestre ao 28º Prêmio Shell de Teatro do Rio de Janeiro:

Autor: Paulo Betti por “Autobiografia autorizada”

Direção: Ana Teixeira e Stéphane Brodt por “Salina, a última vértebra”
Marcio Abreu por “Krum”

Ator: Danilo Grangheia por “Krum”
Joelson Medeiros por “Madame Bovary”

Atriz: Tatiana Tibúrcio por “Salina, a última vértebra”
Suzana Faini por “Família Lyons”

Cenário: Daniela Thomas e Camila Schimidt por “Hora amarela”
Fernando Marés por “Krum”

Figurino: Ana Teixeira e Stéphane Brodt por “Salina, a última vértebra”
Samuel Abrantes por “Eugênia”

Música: Felipe Vidal e Luciano Moreira por “Contra o vento”
Nei Lopes por “Bilac vê estrelas”

Iluminação: Aurélio di Simoni por “Meu saba”
Renato Machado por “Madame Bovary”

Inovação:

‘Teatro Voador Não Identificado’ pela proposição de dispositivo cênico na montagem de “O Processo”, que revela o exercício dos atores em criação, além de atualizar a história de Kafka.
‘Companhia Amok Teatro’ pelo processo de seleção e treinamento do elenco para o espetáculo “Salina, a última vértebra”.

O júri do Rio de Janeiro se manteve o mesmo da última edição, sendo formado por Ana Achcar, Bia Junqueira, João Madeira, Macksen Luiz e Moacir Chaves.

A premiação

Os vitoriosos de cada categoria receberão uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni, com a forma de uma concha dourada, inspirada no logotipo da Shell, e uma premiação individual de R$ 8 mil (oito mil reais).

Criado em 1989, o Prêmio Shell de Teatro é ponto de referência nos palcos brasileiros. É oferecido aos maiores destaques do ano, no Rio de Janeiro e em São Paulo separadamente, em nove categorias — Autor, Diretor, Ator, Atriz, Cenografia, Iluminação, Música, Figurino e Inovação.

Para mais informações sobre a Shell:

Glauco Paiva
(21) 3984-7413
Glauco.paiva@shell.com

Igor Baiense
(21) 3984-7897
igor.baiense@shell.com

Edelman Significa:

Priscilla Gonçalves
priscilla.goncalves@edelmansignifica.com

Camila Chaves
camila.chaves@edelmansignifica.com
(21) 2507-7788