Rio de Janeiro, 17 de Dezembro de 2014 - A Shell confirmou nesta quarta-feira a segunda lista dos indicados de São Paulo à 27ª edição do Prêmio Shell de Teatro. Os espetáculos desta etapa concorrerão ao prêmio juntamente com os indicados na lista do primeiro semestre.

As obras “Gotas d’água sobre pedras escaldantes” e “Caros ouvintes” têm o maior número de indicações no segundo semestre, concorrendo cada peça em três categorias. “Gotas d’água sobre pedras escaldantes” poderá conquistar os prêmios de Ator, Atriz e Cenário. “Caros ouvintes” também é finalista em Cenário, além de concorrer nas categorias Figurino e Música.

A homenagem especial do Prêmio Shell de Teatro deste ano irá para César Vieira, pela trajetória artística junto ao Teatro União e Olho Vivo e pela atuação política na defesa da classe teatral.

Confira a relação completa dos indicados do segundo semestre ao 27º Prêmio Shell de Teatro de São Paulo:

Autor:

Ivam Cabral e Rodolfo García Vázquez por “Pessoas perfeitas”

Vinicius Calderoni por “Não nem nada”

Direção:

Eric Lenate por “Sitidowdrama”

Silvana Garcia por “Não vejo Moscou da janela do meu quarto”

Ator:

Luciano Chirolli por “Gotas d’água sobre pedras escaldantes”

Washington Luiz por “Marica”

Atriz:

Gilda Nomacci por “Gotas d’água sobre pedras escaldantes”

Renata Gaspar por “Não nem nada”

Cenário:

André Cortez por “Gotas d’água sobre pedras escaldantes”

Marco Lima por “Caros Ouvintes”

Figurino:

Fábio Namatame por “Caros Ouvintes”

Sonia Ushiyama por “Pessoas perfeitas”

Iluminação:

Beto Bruel por “Não vejo Moscou da janela do meu quarto”

Beto de Faria por “Rósà”

Música:

Luiz Gayotto e Lincoln Antonio por “Fausto”

Ricardo Severo por “Caros Ouvintes”

Inovação:

Cia Pessoal do Faraoeste pelo trabalho de ocupação e intervenção social e artística que contribui para transformação e revitalização urbanas da região da Luz.

Homenagem:

César Vieira pela trajetória artística junto ao Teatro União e Olho Vivo e atuação política na defesa da classe teatral.

Premiação

O vitorioso de cada categoria receberá uma escultura em metal do artista plástico Domenico Calabroni, com a forma de uma concha dourada, inspirada no logotipo da Shell, e uma premiação individual de R$ 8 mil (oito mil reais).

Criado em 1989, o Prêmio Shell de Teatro é ponto de referência nos palcos brasileiros. É oferecido aos maiores destaques do ano, no Rio de Janeiro e em São Paulo separadamente, em nove categorias — Autor, Diretor, Ator, Atriz, Cenografia, Iluminação, Música, Figurino e Categoria Inovação.

O júri de São Paulo é formado por Carlos Colabone, Evaristo Martins de Azevedo, Lucia Camargo, Mario Bolognesi e Renata Melo.

Outros press releases

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Você também pode gostar

Centro de investidores

Mantenha-se atualizado com o preço de nossas ações, resultados trimestrais e próximos eventos (abre no Shell.com em inglês).

Relatórios anuais e publicações

Publicamos o Relatório de Sustentabilidade da Shell desde 1998. Nosso objetivo é manter nossos valores de transparência e honestidade, além mostrar como contribuimos para o desenvolvimento sustentável.

Siga-nos

Mantenha-se atualizado com os projetos da Shell via RSS, alertas por e-mail, Twitter ou através de nosso aplicativo (abre no Shell.com em inglês).