A Noble Max Smith, da Noble Corporation, chegou ao país com o objetivo de buscar um redesenvolvimento do campo onde irá operar, com o aumento da produtividade na área. A sonda realizará perfurações em três novos poços em Bijupirá, e em um em Salema. A Max Smith, que é uma sonda semissubmersível, pode chegar a perfurar até 7.600m de profundidade em lâminas d’gua de até 2.100m.

Por sua vez, a Bully II é utilizada há quase um ano na Fase 2 de desenvolvimento do Parque das Conchas (BC-10), onde está perfurando 11 poços, sendo sete de produção e quatro de injeção de água para estimular a produção. Por ser menor, porém dotada de equipamentos mais avançados, a Bully II oferece ganho em eficiência, assim como sua ‘irmã’, a Bully I, utilizada na operação no Golfo do México.

Tais sondas permitem o encaixe remoto de válvulas nos poços perfurados e geram menos custo, mais rapidez na operação, menor consumo de combustível, redução nas emissões de gás carbônico e um aumento na segurança: por serem mais finas e menores, estão menos vulneráveis a fatores climáticos, como correntes marítimas e tempestades.

A tecnologia Bully possui GPS embutido, sensores de vento, sensores de movimento, bússolas, sistema hidráulico e motores de propulsão controlados por um computador no fundo da embarcação. Toda essa tecnologia permite à Shell perfurar poços com mais precisão.

press releases 2016

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Você também pode gostar

Centro de investidores

Mantenha-se atualizado com o preço de nossas ações, resultados trimestrais e próximos eventos (abre no Shell.com em inglês).

Relatórios anuais e publicações

Publicamos o Relatório de Sustentabilidade da Shell desde 1998. Nosso objetivo é manter nossos valores de transparência e honestidade, além mostrar como contribuimos para o desenvolvimento sustentável.

Siga-nos

Mantenha-se atualizado com os projetos da Shell via RSS, alertas por e-mail, Twitter ou através de nosso aplicativo (abre no Shell.com em inglês).