Líder em tecnologia e inovação no setor mundial de energia, a Shell considera o Brasil uma área estratégica para suas operações, e o CEO reforçou o interesse da companhia em analisar com atenção as áreas de exploração a serem incluídas na décima primeira rodada de licitações, prevista para o ano que vem. A apenas um ano de completar seu primeiro século de atividades no país, a Shell está pronta para buscar ainda mais oportunidades por aqui, destacou Peter.

Outro assunto discutido na reunião foi a contribuição que Shell pode dar ao país na exploração de reservas de gás não convencional. Com ampla experiência nesse tipo de ativo nos Estados Unidos e em outras partes do mundo, a Shell está presente na Bacia do São Francisco, norte do estado de Minas Gerais, onde espera perfurar o primeiro poço exploratório em 2013.

Peter Voser já havia se encontrado com a então ministra de Minas e Energia Dilma Rousseff, no início do governo Lula. Na época ele ocupava a posição de executivo chefe de Finanças (CFO) da Shell. Também dessa vez, Voser teve a oportunidade de conhecer o ministro brasileiro responsável pela pasta: Márcio Zimmermann, que substitui interinamente Edison Lobão à frente do ministério, e acompanhou a presidenta Dilma na reunião, realizada no Palácio do Planalto. André Araujo, presidente da Shell Brasil Petróleo, também participou do encontro.

press releases 2016

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Você também pode gostar

Centro de investidores

Mantenha-se atualizado com o preço de nossas ações, resultados trimestrais e próximos eventos (abre no Shell.com em inglês).

Relatórios anuais e publicações

Publicamos o Relatório de Sustentabilidade da Shell desde 1998. Nosso objetivo é manter nossos valores de transparência e honestidade, além mostrar como contribuimos para o desenvolvimento sustentável.

Siga-nos

Mantenha-se atualizado com os projetos da Shell via RSS, alertas por e-mail, Twitter ou através de nosso aplicativo (abre no Shell.com em inglês).