A capacidade de produção de inicial será de 300 milhões de litros por ano, com potencial para expandir a 500 milhões de litros.

A Shell tornou-se a empresa de energia internacional líder no mercado de lubrificantes da China ao adquirir três plantas de mistura em 2006. Na ocasião, comprou 75% da Beijing Tongyi Petroleum Chemical Ltda. e da Tongyi Petroleum Chemical Ltda., que produzem e comercializam o lubrificante Monarch, marca independente, líder no mercado chinês. Pioneira em inovação, a Shell construiu ainda uma instalação com tecnologia especializada em lubrificantes em Zhuhai, além de ter anunciado, recentemente, outra para Xangai - a ser inaugurada em 2013.

Mark Gainsborough, vice-presidente comercial da Shell Global, comentou o projeto. "Estamos muito satisfeitos em confirmar estes novos investimentos em nossa cadeia de suprimentos na China - o mercado de lubrificantes que mais cresce mundialmente”. E finalizou: “Estamos bem posicionados para atender às necessidades futuras de clientes na Ásia e, assim, sustentar nossa liderança de mercado, além de projetar nossos planos de crescimento."

Além de ser líder em tecnologia de produtos e em cadeias de suprimentos, a Shell é a maior fornecedora internacional de lubrificantes na Ásia em volumes de vendas (fonte: Kline 2011).

press releases 2016

Contatos

Aqui você encontra os contatos da Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Últimos press releases

Veja nossos últimos press releases, acesse nossa bilbioteca de imagens e vídeos e descubra como você pode entrar em contato com o time de Assessoria de Imprensa da Shell Brasil.

Você também pode gostar

Centro de investidores

Mantenha-se atualizado com o preço de nossas ações, resultados trimestrais e próximos eventos (abre no Shell.com em inglês).

Relatórios anuais e publicações

Publicamos o Relatório de Sustentabilidade da Shell desde 1998. Nosso objetivo é manter nossos valores de transparência e honestidade, além mostrar como contribuimos para o desenvolvimento sustentável.

Siga-nos

Mantenha-se atualizado com os projetos da Shell via RSS, alertas por e-mail, Twitter ou através de nosso aplicativo (abre no Shell.com em inglês).