Robert Swan and Barney Swan durante treinamento

Jornada de 966 km em 60 dias

Para destacar a necessidade de soluções energéticas mais limpas e variadas, uma equipe formada por pai e filho caminha até o Polo Sul utilizando apenas fontes de energia renováveis, incluindo biocombustíveis avançados fornecidos pela Shell.

O explorador Robert Swan conheceu alguns dos locais mais severos do planeta, tornando-se o primeiro homem na história a caminhar para os dois polos na década de 1980. Em novembro de 2017, ele embarca em uma expedição de 966 km em 60 dias rumo ao Polo Sul, a pé.

Robert caminhará com seu filho de 23 anos, Barney. Após passar a vida viajando pelo mundo para promover campanhas ambientais, ele acredita que o Desafio de Energia do Polo Sul será sua última grande expedição.

O papel dos biocombustíveis avançados

Os biocombustíveis avançados que serão usados por Robert e Barney foram exclusivamente desenvolvidos para esta viagem por meio de uma tecnologia chamada IH2*, produzida no Shell Technology Center Bangalore, na Índia. Eles transformam resíduos sólidos em biocombustíveis, e serão fundamentais para manter Robert e Barney Swan aquecidos, secos e alimentados em um dos ambientes mais severos da Terra.

Com esta expedição especial, a Shell e a equipe pretendem mostrar para as novas gerações que não existe milagres quando se trata de mudanças do clima. Cabe a todos os setores da sociedade – incluindo governos, indústrias, empresários e empresas como a Shell - se unir para desenvolver um conjunto inovador de soluções energéticas mais limpas.

A Shell acredita que os biocombustíveis avançados, assim como outras fontes de energia renováveis, serão fundamentais para a criação de sistemas de energia com baixo teor de carbono.

*IH2 é uma marca registrada do Gas Technology Institute  

Mais iniciativas da campanha Make the Future

Iluminando o Santa Marta

Com o apoio da Shell, a Insolar reuniu voluntários, moradores da comunidade e empreendedores para implementar um projeto de energia solar no Santa Marta.