Os avanços na mobilidade no século passado têm ajudado a impulsionar o crescimento econômico global, transformando países e vidas. As populações estão crecendo mais rápido e as economias emergentes estão aumentando significativamente. E as tendências globais tais como a urbanização e conectividade com a Internet estão transformando a forma como as pessoas e os produtos circulam ao redor do mundo. Em 2050, o número de pessoas que vivem em cidades poderá dobrar, pois a população mundial passa de 9 bilhões e o número de carros poderá dobrar de 1 bilhão hoje em dia.

Há uma necessidade de melhorar a eficiência de combustível e qualidade do ar, reduzindo as emissões, tanto as locais, que causam a poluição do ar nas nossas cidades, quanto o dióxido de carbono (CO2) que contribui para a mudança climática global. Vemos um mosaico de combustíveis e motores em desenvolvimento: alguns serão adequados para viagens curtas em áreas urbanas, enquanto outros poderão ser melhores para viagens longas entre cidades.

Projeto M, o carro conceito da Shell

Tornando o transporte mais limpo

O motor de combustão interna tende a mover a maior parte do transporte rodoviário por muitos anos no futuro, já que a demanda por combustíveis líquidos tais como gasolina e diesel cresce ao redor do mundo.

Os veículos menores e mais leves, que usam os motores, combustíveis e lubrificantes mais eficientes, provavelmente proporcionarão avanços mais imediatos para redução de emissões. Para compreender isso melhor, os criadores de lubrificantes da Shell se uniram com o criador Gordon Murray e o especialista em motores Osamu Goto para projetar um carro ultra-eficiente para as cidades cada vez mais congestionadas. O carro conceito da Shell foi lançado em abril de 2016 e poderá usar até metade da energia de um pequeno carro de passeio ao longo de sua vida útil.

Plantação de cana-de-açúcar com céu azul

Energias alternativas e gás natural

No Brasil, a Raízen, parceira da Shell, é um dos maiores produtores mundiais de etanol de baixa emissão a partir de cana-de-açúcar. O gás natural, o hidrocarboneto de combustão mais limpo, também desempenha um papel importante na mobilidade mais limpa. O gás natural liquefeito (GNL), em particular, está emergindo como combustível para navios e caminhões.

O GNL é o gás que é resfriado até ficar líquido, o que diminui seu volume em 600 vezes, tornando-o mais fácil para armazenagem e transporte. Ele é mais limpo que o diesel e o óleo combustível pesado porque produz menos enxofre, partículas e óxidos de nitrogênio, podendo ajudar a reduzir as emissões de gases do efeito estufa provenientes da produção para uso.

Nosso processo de gás para líquidos (GTL) transforma gás natural em produtos líquidos de alta qualidade para uso em combustíveis e lubrificantes. Nosso GTL Gasoil, por exemplo, queima com menos dióxido de enxofre e menos óxidos de nitrogênio e emissões de partículas do que o diesel à base de óleo convencional que pode ser usado para caminhões, ônibus e táxis.

Hidrogênio e biocombustíveis avançados têm o potencial de desempenhar um papel importante na futura matriz de combustível. Na Alemanha e nos EUA, temos estações de reabastecimento para veículos de combustível de hidrogênio. Estes veículos não produzem emissões de escape. Desenvolvemos biocombustíveis avançados no nosso centro de tecnologia, em Houston, nos EUA.

Carro da Ferrari na Formula 1

Aumentando a eficiência ao longo dos anos

A Shell começou a desenvolver melhores fórmulas de economia de combustível já nos anos 1920. Nós empregamos mais de 300 cientistas e engenheiros em todo o mundo dedicados à investigação e ao desenvolvimento (P&D) em lubrificantes e combustíveis para veículos, transporte e aeronaves.

Para desenvolver novos combustíveis e motores para o futuro, é necessária a colaboração de todos, tais como a Shell, fabricantes de veículos, consumidores, governos e autoridades municipais. Precisamos trabalhar juntos para melhorar a eficiência de combustível dos transportes rodoviários, aéreos e marítimos e reduzir suas emissões de CO2.

No mundo trabalhamos conjuntamente com alguns dos maiores fabricantes de veículos, incluindo BMW, Chrysler, Daimler, Honda e Hyundai. Nossas colaborações têm levado a novos motores que utilizam nossos lubrificantes avançados para reduzir o atrito e alcançar melhor eficiência.

Nos últimos 60 anos, temos feito parcerias com a Ferrari para desenvolver combustíveis e lubrificantes mais eficientes para seus carros de Fórmula 1. Estes levaram aos lubrificantes Shell Helix e combustíveis Shell V-Power para os motoristas.

Prototype from from the EFICEM team of Brazilian Santa Catarina Federal University at Eco-marathon Americas 2015

Inspirando outros a economizar energia

Ajudamos os motoristas a irem mais longe com menos combustível. Nosso Programa de Educação de Economia de Combustível para Motoristas os ajuda a melhorar a economia de combustível em até 24%. Na escala comercial, o consumo de combustível pode ser reduzido em até 30%.

Desde 1985, o Shell Eco-marathon desafiou estudantes a projetar, construir e dirigir os carros mais eficientes possiveis, ajudando na conscientização sobre o futuro da mobilidade e a inspirar jovens engenheiros a repensar formas de utilizar a energia cada dia mais escassa hoje em dia. Estudantes de universidades brasileiras têm participado ativamente da Eco-marathon Americas.

A Energia em movimento no mundo

  • A Shell vem inovando para ajudar as pessoas e produtos a circularem ao redor do mundo há mais de um século.
  • Possuímos a maior rede de postos de abastecimento do mundo, com cerca de 43 mil postos em mais de 70 países.
  • Na aviação, a Shell reabastece um avião a cada 12 segundos e fornece combustível em cerca de 800 aeroportos em todo o mundo.
  • Na área marítima, fornecemos combustíveis e lubrificantes para embarcações que vão de navios contêiners a barcos de pesca, atendendo a mais de 600 portos em todo o mundo.
  • Nossas plantas de petroquímicos produzem matérias-primas que desenvolvem materiais plásticos e sintéticos, incluindo aqueles usados para a fabricação de veículos.
  • Além disso, somos a maior produtora mundial de betume refinado, que pavimenta as estradas e cria uma infraestrutura mais segura.

Mais sobre Futuro da Energia

Cenários da Shell

Como será o mundo daqui a 100 anos? A Shell explora o futuro considerando a economia, oferta e demanda energéticas, mudanças geopolíticas e sociais, entre outros.

Impulsionando o Progresso Juntos

Estima-se que a demanda global por energia, água e alimentos aumente 40-50% até 2030 devido ao aumento da população e à rápida urbanização. Como poderemos enfrentar esse desafio?

Você também pode gostar

Shell Eco-marathon

A Shell Eco-marathon é uma competição de fomento à pesquisa energética que desafia estudantes universitários e do ensino médio a projetar e construir protótipos que percorram a maior distância com a menor quantidade de energia.

Iluminando uma comunidade com passos

Para ajudar a abastecer uma pequena comunidade no coração do Rio de Janeiro, criamos o primeiro campo de futebol do mundo iluminado pelos passos dos jogadores.