Um estudo do Banco Mundial de 2013 constatou que os danos causados por inundações em grandes cidades costeiras poderiam custar cerca de um trilhão de dólares por ano. 

O crescente impacto das mudanças climáticas

Muitas cidades costeiras no mundo todo enfrentam uma ameaça à existência causada pelo aumento dos níveis do mar como resultado de mudanças climáticas. Um estudo do Banco Mundial de 2013 constatou que os danos causados por inundações em grandes cidades costeiras poderiam custar cerca de um trilhão de dólares por ano no futuro se algo não for feito urgentemente para lidar com esse problema.

Pode ser difícil de imaginar agora, mas algumas das cidades mais conhecidas do mundo estão entre as 10 cidades de maior risco, de acordo com o relatório, incluindo Nova Iorque, Mumbai e Osaka. 

Como muitas cidades possuem poucas defesas contra inundações e não estão equipadas para resistir o aumento do nível do mar previsto, está se tornando cada vez mais importante para os governos de cidades costeiras investir nessas defesas agora, para garantir um futuro mais seguro para todos. 

Observatório do clima, em Manila
A Shell e o Observatório e Comunicações Inteligentes de Manila iniciaram o projeto Estação Meteorológica Automatizada (AWS, em inglês) para impulsionar a resiliência e preparação para desastres no país.

Nossas estações meteorológicas em Manila

Em parceria com o Observatório de Manila, estamos expandindo consideravelmente sua rede de estações meteorológicas para ajudar o governo local a se manter o mais preparado e resiliente possível a condições climáticas extremas.

As 50 novas estações serão estrategicamente posicionadas em localizações que incluem postos de gasolina e depósitos de óleo da Shell em duas das três principais regiões geográficas do país: Visayas e Mindanao.

Com a tecnologia de transmissão de dados de nossa parceira de telecomunicações Smart Communications, esses dispositivos independentes serão capazes de registrar de forma precisa a temperatura e umidade, radiação solar, velocidade e direção dos ventos e chuvas.

As informações em tempo real coletadas vão melhorar a análise de risco e resiliência urbana do Observatório de Manila, assim como sua pesquisa dos sistemas climáticos regional e local.

“A parceria entre a Shell e o Observatório de Manila tem o objetivo de fornecer acesso a dados e análises climáticas locais às cidades costeiras para utilização em seus sistemas locais de apoio a decisão.”

Antonia Yulo Loyzaga, Diretora Executiva do Observatório de Manila

Mais sobre Histórias de inovação de cidades