Eu acredito que todos são diferentes, não importa se você tem uma deficiência ou não. Não importa qual é a diferença. E nós devemos celebrar as nossas diferenças.

Bob Nolan, Líder de Subsuperfície e Suporte de Poços – Europa
Bob Nolan andando de bicicleta
Bob desenvolveu uma carreira, apesar de ser surdo e cego.

Na Shell, nós criamos um ambiente em que as pessoas com deficiência podem prosperar. Desde tornar o processo de recrutamento aberto e transparente para todos, até garantir que o local de trabalho seja um ambiente seguro e empoderador.

Assista o vídeo para saber como Bob Nolan, que é surdo e cego, gerencia a equipe de subsuperfície e apoio a poços da Shell em quatro locais.

Uma característica muito particular a respeito de deficiência e D&I é que não há solução única. O que funciona para uma pessoa nem sempre funciona para outra.

Andy Kneen, Gerente de Recursos Humanos para Gás em Projetos e Tecnologia, e Presidente da rede enABLE na Holanda.
Andy Kneen caminhando e falando no telefone em um escritório da Shell
Andy sofreu um acidente de trânsito. Após dois anos de operações e reabilitação, sentiu-se pronto para procurar um emprego.

Apoio em números

Apoio em números
Para apoiar os nossos funcionários com deficiência, temos algumas redes internas de apoio, com destaque para a Rede enABLE. Criada em 2005 no Reino Unido, atualmente há seis Redes enABLE no mundo, incluindo Reino Unido, Holanda, França, EUA, Canadá e Brasil.

A Rede enABLE fornece às pessoas com deficiência e às pessoas cujas vidas foram tocadas por pessoas com deficiência um fórum aberto para interagir e compartilhar experiências.Neste ambiente aberto, a rede aumenta a conscientização e o entendimento sobre os desafios enfrentados, para que gerentes e colegas tenham o conhecimento necessário para prosperar no local de trabalho. Permite que os funcionários com deficiência tenham a oportunidade de aprimorar o ambiente e os processos de trabalho, para que sejam mais inclusivos para todos.

Criar um espaço para este diálogo é essencial para habilitar o tipo de colaboração aberta necessário para que os funcionários com deficiência tenham sucesso.

 

Recebi muito apoio e ajuda. A divulgação é realmente importante. É parte do processo de aceitação

Thobile Mkhize, Consultor de Finanças de Varejo

Abertura para compartilhar

Tornar público uma deficiência para os colegas continua sendo um dos maiores desafios que os funcionários enfrentam no local de trabalho. Quer seja por discriminação positiva ou negativa, o receio de se abrir para os colegas é real. Estimulamos a abertura e empoderamos os nossos funcionários para que compartilhem seus problemas, a fim de que possamos ajudar a solucioná-los. Acreditamos em sinceridade, integridade e respeito a todos.

Esses valores criam um ambiente verdadeiramente aberto e colaborativo, que beneficia todos os funcionários da Shell.

A Shell foi a primeira empresa que me respondeu, explica Andy. “Na época, eu estava em cadeira de rodas, mas eles deixaram claro que isso não era um impedimento. Tive uma experiência muito positiva e, como resultado, comecei a trabalhar com eles. A Shell foi muito adaptável e eles me passaram uma primeira impressão excelente."

Andy Kneen, Gerente de Recursos Humanos para Gás em Projetos e Tecnologia.

Oportunidades iguais para todos

A equipe de Diversidade e Inclusão (D&I) da Shell tem muito orgulho de promover ativamente oportunidades iguais para funcionários com deficiência. Foi esse compromisso que atraiu Andy Kneen, Gerente de Recursos Humanos para Gás em Projetos e Tecnologia, para a organização.

Andy sofreu um acidente de trânsito pouco depois de se formar na universidade. Após dois anos de reabilitação, sentiu-se pronto para procurar um emprego.

Depois de alguns anos, Andy queria retribuir e, em 2005, entrou para a Rede enABLE da Shell no Reino Unido, que na época era um pequeno grupo de funcionários que discutiam questões de deficiência no local de trabalho.

Atualmente, há seis Redes enABLE no mundo, incluindo Reino Unido, Holanda, França, EUA, Canadá e Brasil.

“Usamos a rede para aumentar a conscientização sobre os diferentes tipos de deficiência e incapacidade. Ela nos habilita a lutar dentro da organização para tornar o ambiente de trabalho mais inclusivo.”

Para Andy, é uma oportunidade para retribuir; para a Shell, é uma oportunidade de criar um ambiente que habilita todos a concretizar por completo seu potencial.

 

Muitas deficiências, como Síndrome de Asperger, são capacidades disfarçadas, só precisamos fazê-las trabalhar a nosso favor.

Diederik Weve, Consultor Sênior de HSSE

Habilitar carreiras bem-sucedidas para pessoas com deficiênciaAt Shell, we recognise people for their talents.

Diederik Weve é Consultor Sênior de HSSE na Shell Rijswijk. Em 2009, foi diagnosticado com Síndrome de Asperger. Em vez de considerar sua deficiência como um problema, Diederik diz que é uma vantagem.

Essa crença fundamenta o nosso trabalho com funcionários com deficiência, habilitando todas as pessoas a atingir seu potencial máximo.

 

Mais em carreiras

Reunindo culturas

Continuamos a atrair e inspirar pessoas talentosas de todo o mundo. Nossas 60 redes de funcionários ativas em 22 países reúnem algumas das 155 nacionalidades que trabalham conosco em 70 países.

A perspectiva das mulheres

Temos o compromisso de inspirar mudança no local de trabalho, e criar oportunidades para desenvolvimento e aprendizado que estejam abertas para todos os nossos funcionários.